Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

25.10.19

Boletim Paroquial Voz Jovem - maio de 2019

mpgpadre

Entre os dias 9 e 19 de maio de 2019, a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição viveu a Visita Pastoral de D. Couto, Bispo de Lamego, que entre nós visitou as instituções, Câmara, Junta de Freguesia, Escola, visitou os doentes, esteve na Santa Casa da Misericórdia e no Centro de Promoção Social, celebrou os Sacramentos do Batismo, da Eucaristia, do Crisma, da Santa Unção, rezou por vivos e defuntos, reuniu-se com a catequese e com os agentes de pastoral, e com os párocos desta Zona Pastoral de Tabuaço.

O Boletim Voz Jovem dedica uma edição especial à Visita Pastoral. Não se pode colocar tudo, mas entre o texto, também publicado na Voz de Lamego, e as fotos pode ter-se uma ideia do que foi, servindo também como memória futura.

Pode ler o Boletim clicando sobre a imagem, será direcionado para o Boletim em formato PDF:

VozJovem_maio_2019_página q.jpg

Ou fazer o download a partir da hiperligação:

BOLETIM PAROQUIAL VOZ JOVEM - maio de 2019

17.03.11

Visita Pastoral de D. Jacinto a Távora

mpgpadre

       D. Jacinto Tomaz de Carvalho Botelho, Bispo de Lamego, esteve em Visita Pastoral a Távora, concretamente nos dias 3 e 6 de fevereiro deste ano de 2011. No dia 3, visitou a Escola do 1.º Ciclo de Távora e reuniu com as pessoas mais ligadas ao trabalho pastoral, dos vários grupos paroquiais. No dia 6, o Sr. Bispo presidiu à Eucaristia, que incluía o Sacramento da Confirmação de 10 jovens da comunidade paroquial. Estas são algumas das imagens, com a música de fundo de Carlos Marques, da Comunidade Shalom.

08.02.11

Visita Pastoral e Crisma, em Távora

mpgpadre

       No dia de ontem, 6 de Fevereiro, Domingo, a paróquia de Távora esteve em festa, com a Visita Pastoral de D. Jacinto Botelho, que presidiu à Eucaristia que incluía a celebração do Sacramento da Confirmação (Crisma) de 10 jovens: a Carla, a Joana, o Pedro, a Ana Filipa, a Raquel Patrícia, a Vanessa, o João Carlos, o Marcelo, a Daniela, a Beatriz.

       Na passada quinta-feira, 3 de Fevereiro, o Sr. Bispo tinha estado na Escola do Primeiro Ciclo e Jardim Infância, a meio da tarde, e com os grupos paroquias (Conselho Económico, Grupo Coral, Catequistas, Acólitos, Zeladoras da Igreja e dos altares, Leitores) e com os Crismandos.

       O domingo centrou-se no essencial, a celebração da Eucaristia e da Confirmação.

       No início da Eucaristia, uma catequista deu as boas-vindas ao Sr. Bispo com as palavras que se seguem:

 

       "Excelentíssimo e reverendíssimo Sr. Bispo

       Reverendo Pároco

       Cristãos desta nossa comunidade

 

       É com muita alegria, em preito de louvor e acção de graças, que queremos receber Vossa Excelência Reverendíssima, D. Jacinto, como Sucessor dos Apóstolos, como nosso Pastor e Guia, à frente da Diocese de Lamego, à qual pertencemos.

       Há 7 anos atrás, pudemos testemunhar as Sua presença e saborear as suas sábias palavras, no encontro com os grupos paroquiais, com as crianças da escola, na visita aos doentes aquando da Visita Pastoral e posteriormente na inauguração dos trabalhos realizados na Sacristia. A finalizar a Visita Pastoral, por motivos de saúde não se pôde deslocar a Távora, sendo enviado por Vossa Excelência Reverendíssima o então Vigário-Geral, Mons. Eduardo Russo, entretanto na Casa do Pai.

       Hoje está no meio de nós para nos confirmar na Fé, para connosco partilhar o que Lhe vai na alma, para testemunhar, com as suas palavras e com a sua vida, a comunhão a Jesus Cristo – esta vida nova que todos recebemos pela água e sobretudo pelo Espírito Santo, no dia do nosso baptismo. Preside à Eucaristia, como preside a toda a Diocese, para tornar mais sólida a nossa comunhão com a Igreja, para fortalecer a nossa fé, para celebrar festivamente o mistério da Morte e Ressurreição de Jesus, para nos incentivar à caridade, a fim de vivermos como comunidade de irmãos e irmãs em Jesus Cristo.

       Cada comunidade, e a nossa também, é constituída por pessoas, com sensibilidades diferentes, com diferentes qualidades e limitações, com muitos talentos que Deus nos dá, para vivermos em povo. Por vezes, porém, afastamo-nos da fé em Jesus Cristo e cada um caminha por si mesmo, seguindo as suas ideias e preocupações. Como cristãos, devemos e pudemos viver nos mesmos sentimentos de Cristo, alimentando-nos da Sua Palavra e dos Sacramentos que nos deixou, até à vida eterna. Desta forma, não estamos sós. Ele está no meio de nós, caminha connosco, dá-nos o auxílio da Sua graça e da Sua caridade.

       Pedimos ao Espírito Santo, cujos dons recebemos na celebração da Confirmação e que hoje, 10 jovens da nossa comunidade vão receber também, nos dê a humildade para escutarmos o que Jesus Cristo nos quer dizer na pessoa de Vossa Excelência Reverendíssima, nosso Bispo e Pastor, e nos conceda a sabedoria e a audácia para seguirmos com fidelidade e alegria os desígnios de Deus para nós e para a nossa comunidade paroquial.

       São João Baptista, nosso Padroeiro, ilumine a nossa conduta, a nossa vivência cristã, na opção pela verdade e por Deus e que nada nos afaste da fidelidade à Palavra de Deus, acolhida, vivida, amadurecida e celebrada em Igreja, na comunhão com o nosso Pároco e com o nosso Bispo, para assim vivermos em comunhão com toda a Igreja.

       São João Baptista, rogai por nós!"

04.02.11

E D I T O R I A L - Voz Jovem

mpgpadre

       1 – O ano pastoral em marcha, com a dinâmica sinodal “Repensar a Pastoral da Igreja em Portugal”, auscultando os sinais positivos na Sociedade e na Igreja, provoca a nossa reflexão sobre a vivência cristã no mundo em que vivemos, recolhendo tudo o que de bom existe e fazendo incidir a Luz do Espírito Santo em todas as dimensões da vida pessoal, familiar e social.

       Neste caminho, a presença no nosso Bispo, D. Jacinto Botelho, em Visita Pastoral a todo Concelho/Arciprestado de Tabuaço, torna-se um estímulo e uma oportunidade para reflectir e um desafio ao compromisso de todos os baptizados, potenciando as qualidades na vivência eclesial e no empenho, quanto possível, social, político, associativo.

 

       2 – Vários encontros e celebrações marcaram a Visita Pastoral a Tabuaço. Marcante o encontro com os grupos paroquiais/movimentos eclesiais, em que o senhor Bispo deixou palavras de agradecimento e incentivo.

       O Conselho Económico é como que uma extensão do pároco, tendo a missão de sensibilizar para as iniciativas pastorais, em estreita colaboração com o pároco, fazendo chegar, de forma mais informal, mais longe a mensagem.

       A catequese é um serviço fundamental em que o ensino há-de ser sobretudo testemunho de vida cristã.

       Os grupos corais, devendo zelar pelo bom gosto musical, têm uma missão peculiar de “dar louvor e glória a Deus”, com o seu canto, ajudando a comunidade celebrante a viver melhor a liturgia.

       As Zeladoras da Igreja e dos altares cuidam para que o ambiente bem preparado, a limpeza, a beleza da ornamentação, ajudem no louvor e glória de Deus. “Não há cargos mais ou menos importantes…”, todos juntos na missão de louvar e dar glória a Deus!

Leitores: um trabalho que implica muita atenção, “é preciso preparar sempre a leituras que se fazem… emprestamos a nossa voz, os nossos lábios, ao Senhor”… É preciso ler com cuidado, sem comer as palavras…

       Acólitos: estão num lugar de maior visibilidade, devem exercer o seu ministério com naturalidade e com dignidade.

       Escuteiros (Guias e Escuteiros da Europa) é um grupo extraordinariamente importante para a juventude…

       Ministros Extraordinários da Comunhão, elementos pertencentes à Santa Casa da Misericórdia, cristãos que integram vários grupos paroquiais, todos têm uma missão muito importante na vivência da fé e no testemunho de Jesus Cristo.

       Os agentes de pastoral numa comunidade são como uma locomotiva, põem a máquina em funcionamento. Sem locomotiva as carruagens ficam paradas.

 

       3 – Obviamente que o serviço em Igreja nem sempre é humanamente compensador, desde logo pela exposição às críticas de outros que ainda estão a descobrir que papel desenvolver para que a comunidade seja mais Jesus Cristo.

       Tal como a Igreja, em geral, também as pessoas empenhadas na pastoral da paróquia, partilham alegrias e tristezas, dificuldades e inquietações do tempo que passa...

       A este propósito, o Senhor Bispo sublinhou o voluntariado dentro das comunidades cristãs, agradecendo o trabalho dos vários grupos paroquiais, incentivando a “encarar as dificuldades não com desalento, mas com esperança”…

 

27.01.11

Boletim Paroquial Voz Jovem - Janeiro 2011

mpgpadre

       Muitas são as formas das pessoas comunicarem entre si. Numa comunidade paroquial, o contacto humano é parte essencial, pessoa a pessoa, o encontro em celebrações, encontro, reuniões, em que a celebração da Eucaristia Diminical é incontornável. Mas ao serviço deste comunicação, podem ser usados outros instrumentos informativos e formativos.

       No caso da paróaquia de Tabuaço, há 15 anos, que o boletim paroquial Voz Jovem é um intrumento de informação e de refelxão ao serviço da pastoral, ao serviço da comunidade.

       Neste mês de janeiro de 2011, no boletim Voz Jovem destaca-se a dinâmica do Plano Pastoral, com a dinâmica sinodal proposta pela Conferência Episcopal Portuguesa, "Repensar a Patoral da Igreja em Portugal", destacando-se ainda a Visita Pastoral do nosso Bispo, D. Jacinto, como oportunidade para aprofundar a auscultação aos vários grupos paroquais. O boletim apresenta outros motivos de interesse, uma carta de Jesus, a todos nós, um pequena história sobre a existência de Deus, a participação de catequistas em encontro do Secretariado Diocesano da Catequese, a contabilidade paroquial do ano 2010, e outras informações para a comunidade.

       Leia nos formatos propostos...

 

       O boletim VOZ JOVEM pode ser lido a partir daqui e/ou fazendo o download nos formatos respectivos:

24.12.10

E D I T O R I A L - Voz Jovem

mpgpadre

       “O próprio Senhor vos dará um sinal: a virgem conceberá e dará à luz um filho e o seu nome será Emanuel” (Is 7, 7-10).

       O nascimento de Jesus Cristo, para nós crentes cristãos, cumpre as promessas feitas por Deus ao povo da primeira Aliança, sobretudo através dos profetas de Israel.

       Como os Pastores de Belém, ouçamos o convite dos Anjos e cantemos “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados”, para que o nosso canto de louvor nos ajude a acolher o mistério que nos vem do Céu. Deus em Jesus Cristo é Deus connosco, para que nesta proximidade física e espiritual nos tornemos verdadeiramente irmãos uns dos outros em Jesus Cristo, pelo perdão e caridade, pelo justiça e pela paz.

       A vivência do Natal não surge do nada!

       Com tanta distracção, tantos apelos, pode acontecer que celebremos o aniversário natalício de Jesus, sem que Ele esteja presente. Aniversário sem aniversariante. Daí que em Igreja venhamos a insistir com alguns gestos concretos para sublinhar a centralidade de Jesus, nas celebrações litúrgicas, em campanhas de solidariedade como, por exemplo, os Estandartes de Natal e 10 Milhões de Estrelas – um gesto pela paz, com sinais exteriores e com contributos para as pessoas mais carenciadas.

       Em Tabuaço temos o privilégio de em cada ano preparar o Natal com a novena e a solenidade em honra da nossa padroeira, a Imaculada Conceição. É um tempo de encontro, de aprofundamento da fé, de partilha do nosso ideário cristão, de convivência entre pessoas, de reflexão e de oração.

       Entre os dias 2 e 8 de Dezembro, a Visita Pastoral de D. Jacinto, com diversos encontros e celebrações, foi ocasião para nos deixarmos interpelar pela vivência alegre e comprometida com a Palavra de Deus.

       Com as entidades públicas, com diversos gestos de simpatia, palavras de incentivo, para que as funções se transformem em missão, numa atitude de serviço e de atenção às pessoas, em concreto.

       Em ambiente eclesial e litúrgico, a acentuação do trabalho realizado voluntária e gratuitamente, a humildade da conversão a Jesus Cristo, a generosidade no perdão, no diálogo e na tolerância, encarando “as dificuldades não com desalento mas com esperança”, para que a alegria da fé nos aproxime uns dos outros…

23.12.10

Boletim Voz Jovem - Dezembro 2010

mpgpadre

       O mês de Dezembro tem sido intenso, com diversos momentos importantes na vida da comunidade.

       O Boletim Voz Jovem deste mês é especial, com as rubricas habituais, mas com muitas fotografias sobre a Visita Pastoral do nosso Bispo, D. Jacinto Botelho, à comunidade paroquial. Diversos os momentos, as celebrações, os gestos, os encontros, diversas as imagens que documentam esta presença do Pastor da Diocese de Lamego. Dê uma espreitadela.

       O boletim VOZ JOVEM pode ser lido a partir daqui e/ou fazendo o download nos formatos respectivos:

10.12.10

Momentos significativos da Visita Pastoral

mpgpadre

       A Solenidade da Imaculada Conceição é, sem dúvida, a festa das festas na nossa paróquia de Tabuaço. Precedida de uma novena de prepação, que funciona como retiro aberto, prepara também a celebração do Natal. Em 2010, a novena e a festa da padroeira ficaram enriquecidas com a presença de D. Jacinto, Bispo de Lamego, entre os dias 2 e 8 de Dezembro, em Visita Pastoral.

       Veja em formato de diaporama/vídeo alguns dos momentos da Visita Pastoral, das diversas celebrações, da Solenidade da Imaculada Conceição e da Procissão, acompanhada com a belíssima música do grupo Laetare: 

08.12.10

D. Jacinto na Festa da Padroeira - Imaculada Conceição

mpgpadre

       A Imaculada Conceição é um dos privilégios com que Deus adornou Nossa Senhora: “ter sido imune de toda a mancha de pecado original no primeiro instante da Sua Conceição, por uma singular graça e privilégio de Deus omnipotente, em atenção aos méritos de Jesus Cristo, Salvador do género humano”. Queremos todos, paroquianos desta comunidade que a tem como padroeira, de modo consciente e agradecido, ser a ressonância e o eco da saudação que o Arcanjo Gabriel trouxe do Céu à Virgem de Nazaré Ave Maria, cheia de Graça, o Senhor é convosco.

       É flagrante o contraste do comportamento das duas mulheres que a leitura do Génesis e do Evangelho, escolhidas pela liturgia para esta solenidade, tão expressivamente evidenciam. A disponibilidade da Virgem – eis a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a Tua palavra - redime a desobediência de Eva. Ela é a nova Eva que Deus pôs defronte ao novo Adão-Cristo, como nos ensinou João Paulo II. Como a nova Eva A cantaram os Padres da Igreja, cujos textos a Liturgia oferece à nossa meditação. Recordemos aquele belíssimo de São Ireneu: “Enquanto Eva seduzida pela mensagem de um anjo desobedeceu à Palavra divina e se afasta de Deus, Maria, ao contrário, guiada pela anunciação de outro anjo, obedeceu à palavra divina e mereceu trazer a Deus no Seu seio. Aquela, portanto, deixou-se seduzir para não obedecer a Deus, e esta deixou-se persuadir a obedecer-lhe. Deste modo a Virgem Maria tornou-se a advogada da Virgem Eva”.

       E que lucro auferiu o homem com a desobediência original? Diz-no-lo também a leitura do Génesis. Foi o fim da felicidade querida por Deus e desfrutada até então, e a consciência clarividente de todas as limitações. É a nudez absoluta, com todo o realismo da expressão, a evidência do desequilíbrio, mas pior, é o medo, a angústia, a desconfiança. Adão sente-se miserável, despido e inseguro, e o medo é o sentimento frustrante que o invade e confessa a Deus que o procura e interroga. Tive medo. É a condição duma humanidade decaída que se sente completamente perdida, baralhada, que se esconde incapaz de encontrar-se com Deus, mas igualmente incapaz de encontrar-se consigo e com os demais. E, para cúmulo, não assume responsabilidades. Foi a mulher, foi a serpente, e a culpa vai passando para outro que não eu. Não será este o panorama que experimentamos à nossa volta e a que nos habituamos já a relacionar irreflectidamente com a crise?

       E a resposta de Deus qual é? É o próprio Deus que vem ao encontro do homem, que o procura, impelido pelo Seu coração de Pai como nos recordava o Servo de Deus, João Paulo II. A Encarnação de Jesus, o Filho do Homem, testemunha que Deus procura o homem. É uma busca que nasce no íntimo de Deus e tem o seu ponto culminante na Encarnação do Verbo. Consequentemente a mensagem de Deus tão insistentemente repetida por Jesus é a recomendação que não tenhamos medo. Não tenhais medo. A mesma palavra pronunciada pelo Anjo da Anunciação é o prenúncio da complacente misericórdia do Pai em relação aos homens e a confirmação da plenitude dos tempos.

       A solenidade da Imaculada Conceição é a prova irrefutável da vitória da Graça sobre o pecado, é certeza de que Deus está do nosso lado, de que Deus amou de tal modo o mundo que lhe enviou o Seu próprio Filho para nos revelar o Seu mistério que é mistério de amor. “A Redenção permeia toda a história do homem” e concretiza o admirável desígnio de Deus explanado na por São Paulo na Carta aos Efésios. A Nossa Senhora podem aplicar-se com toda a propriedade essas palavras. Em Cristo, Ela foi escolhida antes da criação do mundo para ser santa e irrepreensível, em caridade na Sua presença, para ser um hino de louvor da Sua glória. Talvez aqui possamos fundamentar a confidência de João Paulo II, reportando-se ao momento da eleição para o Sumo Pontificado: “Enquanto entrava nos problemas da Igreja universal com a eleição para Papa, trazia comigo esta convicção: nesta dimensão universal a vitória será trazida sempre por Maria. Cristo vencerá por meio d’Ela, porque Ele quer que as vitórias da Igreja no mundo contemporâneo e no mundo futuro estejam unidas a Ela”. Esta presença maternal há-de contribuir para que na consciência de cada um, neste tempo de tanta insegurança e de tanto desânimo, se revigore a certeza de que existe alguém que tem nas mãos o destino do mundo que passa; alguém que tem as chaves da morte e dos abismos; alguém que é o Alfa e o Ómega da História, tanto colectiva como individual. E este alguém é Amor, entre os homens; Amor fonte inesgotável de comunhão. Só Ele é a plena garantia das palavras: não tenhais medo. As palavras não foram ditas para anular aquilo que é penosamente exigente, mas para confirmar toda a verdade do Evangelho e todas as exigências nele contidas, assegurando-nos o Senhor a Sua muito particular intervenção, quando a experiência das nossas limitações nos inibe, porque a Deus nada é impossível.

 + Jacinto Tomaz de Carvalho Botelho, Bispo de Lamego

Visita Pastoral à paróquia de Tabuaço

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio