Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

12.05.11

Bento XVI em Portugal... há 1 ano!

mpgpadre

       Sobre a Viagem Apostólica de Bento XVI não deixe de visitar a página oficial, com a retrospectiva aí realizada:

 

        «Um ano depois da visita de Bento XVI a Portugal, os responsáveis pela Igreja Católica têm tomado “a sério” as palavras do Papa, considera Fernando Micael Pereira, professor da Universidade Católica Portuguesa e especialista em Ciências Sociais.

       Em texto hoje publicado na mais recente edição do semanário Agência ECCLESIA, Micael Pereira destaca “o testemunho público da Conferência Episcopal e de Bispos empenhados cada vez mais na cultura, analisando em público a atualidade portuguesa, tomando posições sobre problemas sociais e fazendo-o com variedade de perspetivas, organizando cursos de Doutrina Social da Igreja que se procuram adaptar à realidade diversa das populações, é cada vez mais frequente”.

       Este conjunto de iniciativas, segundo o especialista, “mostra como as palavras do Papa foram tomadas a sério”.

       “Há Bispos que têm sido capazes de ser inovadores nas propostas de organização de ações de solidariedade, que têm insistido ao longo desta crise na urgência da atenção aos mais fracos, que têm proclamado a importância de se desenvolver a liberdade de ensino, que têm valorizado a importância da verdade, do combate à corrupção, da contenção no luxo, na avidez e na ostentação, dando cada vez maior visibilidade às suas intervenções e estimulando a Igreja a ter uma presença cada vez mais desassombrada”,elenca.

       Um ano depois da visita de Bento XVI, Micael Pereira diz que o primeiro fruto desta viagem foi “instaurar a confiança dos portugueses”, “descobrir a simplicidade e a cordialidade do Papa”.

       “Das provocações sobre a pedofilia à apoteose do Porto, foi uma caminhada de progressiva aceitação e empatia em que o Santo Padre e o povo português se encontraram bem acima das especulações de tantos comentadores, numa aproximação e entendimento que venceu as distâncias anteriormente por tantos cultivadas”, refere.

       Em conclusão, o professor universitário lembra o convite feito por Bento XVI no encontro com o mundo da cultura, no CCB, em Belém: “Fazei coisas belas, mas sobretudo tornai as vossas vidas lugares de beleza. Sede navegantes do Bem, da Verdade e da Beleza”.

       Entre 11 e 14 de maio do ano passado, o Papa alemão esteve em Lisboa, Fátima e Porto, celebrando três missas e pronunciando sete discursos, além das três homilias, uma saudação ao Santuário de Cristo Rei e duas mensagens aos jovens.»

 

19.06.10

Sugestão de Leitura: Bento XVI e Portugal

mpgpadre
       A Viagem Apostólica de Bento XVI a Portugal suscitou um elevado interesse e adesão dos portugueses. Os gestos, o sorriso e as palavras tornaram-se uma lento, uma chamada à esperança pela fé do bom Deus. As várias intervenções do Papa estão disponíveis, através da página oficial, em formato PDF, e também numa ou outra publicação impressa. As Paulinas editaram os textos de Bento XVI e os textos de outros intervenientes nos diversos encontros com o Papa.
       A Paulus Editora deu à estampa o livro, que agora recomendámos, com as intervenções do Papa, duas conferências de preparação da vinda de Bento XVI, de D. João Lavrador e de Pe. Luciano Cristino, o prefácio é da jornalista da RTP Fátima campos Ferreira; inclui um DVD com algumas imagens da viagem; com o Hino Pontifício; com o Hino da Viagem Pastoral a Portugal; com testemunhos de várias personalidades, de jovens, de pessoas anónimas, e com a recitação do Rosário por Bento XVI, em Fátima.
       No interior deste livro fotos várias dos quatro dias de Bento XVI em Portugal.
Bento XVI e Portugal. Contigo caminhamos na Esperança. 
Paulus Editora: Lisboa 2010.

27.05.10

Boletim Voz Jovem - especial Maio 2010

mpgpadre

       O grande acontecimento do Ano Pastoral para a Igreja em Portugal foi, sem dúvida, a Viagem Apostólica do Sucessor de Pedro, o Papa Bento XVI, entre os dias 11 e 14 de Maio, passando por Lisboa, Fátima e Porto, sendo que a motivação principal era fazer-se "peregrino entre peregrinos" de Nossa Senhora de Fátima.

       O boletim paroquial faz ressonâncioa destes dias. A foto escolhida para primeira página, retirada da página oficial "bentoXVIemportugal", mostra o Papa Bento XVI, encaminhando-se para o altar para a celebração da Santa Missa no Santuário de Fátima, com o olhar recolhido, com a CRUZ em grande destaque, como muitas vezes o Papa quer acentuar. Jesus crucificado e ressuscitado é o verdadeiro CENTRO.

       Recolhemos um testemuno do encontro com o Papa em Fátima e outro do encontro com o Papa na cidade do Porto. Fazedmos também uma breve ressonância da avaliação que Bento XVI fez da Viagem Pastoral a Portugal.

       Outros temas presentes nesta edição: o Dia da Mãe; a celebração da Profissão de Fé; "O Olhar de um Jovem" sobre a construção da Torre de Babel; a Festa da palavra; as contribuições para o Centro Paroquial e as próximas actividades pastorais e celebrações da comunidade.

Pode aceder ao Boletim Voz Jovem, aqui, ou fazendo o donwload nos formatos respectivos:

 

FORMATO PDF

FORMATO XPS

O grande acontecimento do Ano Pastoral para a Igreja em Portugal foi, sem dúvida, a Viagem Apostólica do Sucessor de Pedro, o Papa Bento XVI, entre os dias 11 e 14 de Maio, passando por Lisboa, Fátima e Porto, sendo que a motivação principal era fazer-se "peregrino entre peregrinos" de Nossa Senhora de Fátima.

O boletim paroquial faz ressonâncioa destes dias. A foto escolhida para primeira página, retirada da página oficial "bentoXVIemportugal", mostra o Papa Bento XVI, encaminhando-se para o altar para a celebração da Santa Missa no Santuário de Fátima, com o olhar recolhido, com a CRUZ em grande destaque, como muitas vezes o Papa quer acentuar. Jesus crucificado e ressuscitado é o verdadeiro CENTRO.

Recolhemos um testemuno do encontro com o Papa em Fátima e outro do encontro com o Papa na cidade do Porto. Fazedmos também uma breve ressonância da avaliação que Bento XVI fez da Viagem Pastoral a Portugal.

Outros temas presentes nesta edição: o Dia da Mãe; a celebração da Profissão de Fé; "O Olhar de um Jovem" sobre a construção da Torre de Babel; a Festa da palavra; as contribuições para o Centro Paroquial e as próximas actividades pastorais e celebrações da comunidade.

 

Pode aceder ao Boletim Voz Jovem, aqui, ou fazendo o donwload nos formatos respectivos:

 

FORMATO PDF

FORMATO XPS

27.05.10

Bento XVI em Portugal: a substância e o acidente

mpgpadre

       Foi no final dos anos 70 que participei em Munique num encontro sobre Comunicação Social. Recordo ainda um jantar que nos foi oferecido pelo Arcebispo da Diocese, Cardeal Ratzinger. Na ementa, a "entrada" era salmão (mal) fumado e que tive, com relutância, de engolir de olhos fechados como acontece em jantares de cerimónia. Só mais tarde vim a apreciar esse peixe e a vê-lo como toque de requinte e gosto nalgumas refeições.

       Não sei se andava por aqui alguma parábola sobre o que é preciso aprender a apreciar. Recordava isso quando por vezes via em Roma o Cardeal Ratzinger atravessar a Praça de S. Pedro em direcção ao seu trabalho - uma Congregação que não era das preferidas da minha geração. Mas sabia que ele tinha feito parte do grupo de teólogos que marcaram o Concílio que, por sua vez, marcou decisivamente a minha vida.

       Acompanhei, como repórter, a sua eleição e cumprimentei-o, com outros jornalistas, no dia seguinte à tomada de posse. Tudo isto é razoavelmente ridículo, semelhante a pretensão de me fazer próximo duma pessoa tão importante como o Papa. Mas queria chegar a outro ponto. Acompanhei a viagem de Bento XVI a Portugal (como havia acompanhado a de Angola) passo a passo, hora a hora, minuto a minuto. Posso dizer que não perdi uma única palavra (com acesso antecipado aos textos) e penso que muito poucos gestos me terão escapado na reportagem exaustiva da televisão em que estive envolvido.

       E aqui chego para dizer o que todos viram e sabem: a amplitude da sua presença no meio de nós, depois de todos os alarmes de fracasso que havia - fora (e dentro) da Igreja. E como revelou capacidade de viver intensamente cada ritual que cumpria: litúrgico, pastoral, teológico, social, político, familiar. Nas palavras ditas à cultura, aos consagrados, aos agentes sociais, ao mar de luz, povo de mão firmes, que em Fátima sustentava e erguia a Luz como em Vigília Pascal. E do aconchego que ofereceu a milhões de peregrinos que pela televisão o viram longe e perto - sei de ressonâncias chegadas do Portugal global que anda pelo mundo fora. Pela beleza da Praça e do Tejo de Lisboa, numa aliança de céu, terra e rio, festa e silêncio como multidão jubilosa de jovens e anciãos na Avenida dos Aliados no Porto. Como os peregrinos mediáticos, os pobres e doentes repassados de angústias que se sentiram em Igreja reunida com Pedro num exercício profundo de comunhão e confirmação na fé. E, seja lícito referir, na solidez humilde da sua palavra densa, lógica, bela, crente, próxima, teológica, encarnada, clara, luminosa. E afectiva.

       O que no início parecia uma "entrada" amarga foi uma refeição saborosa, em família, sabendo que ali - como diria Pessoa - éramos mais que nós - éramos um povo. Nada seria possível sem essa maravilha que é o nosso povo que soube estar em júbilo e silêncio nos momentos certos e compreendeu por inteiro que quem nos visitou foi mesmo o sucessor de Pedro. O resto foi acidental.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio

Em destaque no SAPO Blogs
pub