Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

12.10.11

Um acordo com o tempo...

mpgpadre

Me detive por horas diante de um relógio!

Meus olhos acompanharam o correr de seus ponteiros.

Rezei para que parassem!

Rezei para que o veloz correr dos ponteiros deixasse de ser imperativo.

Chorei...

Chorei o amargor daquilo que não volta e a esperança do que ainda virá.

Chorei minhas auroras...

Chorei a partida do sol.

Mas os ponteiros não se comoveram...

Giraram, giraram e ainda estão girando!

Será que um dia vão parar? Talvez sim, ou não, quem sabe...

Então resolvi fazer um acordo com o tempo...

No correr dos ponteiros, resolvi elaborar a vida... Minha vida!

Resolvi descobrir a beleza de momentos que não voltarão e vivê-los intensamente!

Resolvi Amar intensamente e Viver AFETADO!

Afetado pelos afetos que valem a pena, pelos amores que me constroem.

Vou deixar que o tempo passe...

E na passagem dos dias, reinterpretarei os momentos e resignificarei a dor.

Acho que a felicidade mora nesse acordo!

É assim que vou bem aventurando a vida!

Abraço o que é meu, assumo o que me faz bem!

Estou indo ser feliz e não pretendo voltar!

 

Bruno Bressani, Fragmentos.

15.07.11

Oração para o tempo de férias

mpgpadre

Senhor, seja este o tempo

de nos relançarmos em aliança mais pura com o real

convictos daquilo que a hospitalidade

paciente e fraterna do mundo em nós revela

 

Que saibamos apreciar a imediatez flagrante em que a vida se dá,

mas também as suas camadas profundas, escondidas, quase geológicas.

Que no instante e na duração saibamos escutar,

hoje e sempre,

o vivo, o desperto, o fremente

e o seu esperançoso trabalho.

 

Recebe, de nós,

a aurora e o verde azulado dos bosques.

Recebe o silêncio intacto dos espaços.

Recebe a música oceânica do vento.

 

Mas recebe igualmente a marcha desencontrada da história,

o desenho inacabado da nossa conversa terrena,

esta espécie de parto que,

entre dor e alegria, nos une.

 

Sejam os nossos quotidianos gestos

mergulhados na vivacidade da troca,

abertos ao que de todos os pontos

da humanidade e do mundo converge,

impelido pelo teu Espírito.

 

Que a frágil chama de amor hoje acesa

Ilumine tudo por dentro:

desde o coração da menor partícula

à vastidão das leis mais universais.

E tão naturalmente invada

cada elemento, cada mola, cada liame,

florescendo e amadurecendo

toda a vida que em nós vai germinar.

 

José Tolentino Mendonça, Editorial Agência Ecclesia.

25.05.11

Abençoa, Senhor, o espírito quebrado!

mpgpadre

Abençoa o espírito quebrado

de quem sofre a pesada solidão dos homens;

o ser que não conhece repouso,

o sofrimento que nunca confiamos

a ninguém.

 

Abençoa o cortejo

destes noctívagos

que não amedronta o espectro

dos caminhos desconhecidos.

 

Abençoa a miséria dos homens

que morrem nesta hora.

Dá-lhes, meu Deus,

um bom fim.

 

Abençoa, Senhor, os corações,

os corações amargos,

antes de tudo.

Dá aos doentes

o alívio,

ensina o esquecimento

àqueles que privaste

do seu bem mais querido.

Não deixes ninguém na terra inteira

na angústia.

 

Abençoa os que estão na alegria,

protege-os, Senhor.

A mim, até hoje,

nunca livraste da tristeza,

por vezes, ela pesa muito.

Entretanto, dá-me a tua força

e assim posso aguentá-la.

EDITH STEIN, in O Povo de Rio Tinto, n.º 284, Abril 2011

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio