Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

14.08.12

DEPENDE de TI...

mpgpadre

Esta manhã, ao acordar, desejei ter um bom dia. Meditei e vi que isso dependeria muito de mim.

Hoje posso queixar-me porque está um dia de chuva, ou posso dar graças a Deus porque as plantas são regadas grátis.

Hoje posso sentir-me triste porque o dinheiro é pouco, ou simplesmente fazer só os gastos necessários.

Hoje posso queixar-me da minha dor de cabeça, ou louvar a Deus porque ainda me mantém em vida.

Hoje posso chorar porque as rosas têm espinhos, ou alegrar-me porque os espinhos têm rosas.

Hoje posso queixar-me porque tenho de trabalhar, ou alegrar-me porque tenho emprego.

Hoje posso olhar para as pessoas como objetos, ou respeitar a sua dignidade humana e divina.

Hoje posso ser um pessimista que vê tudo negro, ou ser um otimista que vê o lado positivo da vida.

Hoje posso ser um gerador de conflitos com toda a gente, ou optar por ser um construtor de paz e amor.

Hoje posso nada fazer pela felicidade dos outros, ou praticar uma ou mais boas ações.

Hoje posso viver como se Deus não existisse, ou viver com os pés na terra e o pensamento em Deus.

Cada dia que nasce apresenta-se como uma página em branco. Ser um dia mau ou bom, isso dependerá de mim. E também depende de ti!

Pedrosa Ferreira, recolhido por Luísa Serôdio,

in Boletim Paroquial Voz Jovem, julho 2012

08.06.11

Bem-aventuranças: Testamento de Jesus

mpgpadre

Deixo a estrela que orientou os magos para que vos oriente nas encruzilhadas da vida.

Deixo o presépio onde nasci para abrigo dos que não têm um lugar onde se abrigar.

Deixo as minhas sandálias para todos os que desejam ser mensageiros da paz.

Deixo as minhas palavras para todos os que buscam a verdade nas suas vidas.

Deixo a minha alegria para todos os que se querem empenhar em alegrar os tristes.

Deixo a minha audácia para todos os que desejam viver segundo o meu Evangelho.

Deixo a bacia com que lavei os pés aos meus apóstolos a todos os disponíveis para servir.

Deixo o prato da última Ceia para todos os que querem dar de comer a quem tem fome.

Deixo o cálice da última Ceia para todos os que desejam brindar ao amor de Deus.

Deixo a minha cruz para todos os que estão dispostos a carregá-la como caminho de Páscoa.

Deixo ...

in PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças, Hoje.

07.06.11

Bem-aventuranças: a história do pacificador!

mpgpadre

O sorriso

       Ele é o cartão de visitas das pessoas saudáveis. Distribua-o gentilmente.

 

O diálogo

       Ele é a ponte que liga as duas margens, o céu e a terra, nós e os outros. Passe diariamente por esta ponte da amizade.

 

A bondade

       Ela é a flor mais atraente do jardim de um coração bem cultivado. Plante flores.

 

A alegria

       Ela é o perfume gratificante, fruto do dever cumprido. Esbanje-o. O mundo precisa dele.

 

A paz da consciência

       Ela é o melhor travesseiro para o sono da tranquilidade. Viva em paz consigo mesmo, com os outros e com Deus.

 

A fé

       Ela é a bússola certa para os navios errantes, incertos, buscando as praias da eternidade. Que nunca lhe falte.

 

A esperança

       Ela é o vento bom enfunando as velas do nosso barco. Chame-o para dentro do seu quotidiano.

 

O amor

       Ele é a melhor música na partitura da vida. Sem ele, será um eterno desafinado (Roque Schneider).

 

in PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças, Hoje.

02.06.11

Bem-aventuranças: check-up

mpgpadre

       Medi a tensão arterial e verifiquei que estava baixa de ternura.

       Ao medir a temperatura, o termómetro registou 40 graus de egoísmo.

       Fiz um electrocardiograma e vi que o coração não estava a bater com regularidade, com picos de ódio.

       Passei pela ortopedia, pois estava com dificuldade em caminhar em direcção ao irmão que ofendi.

       Fui ao oftalmologista e vi como sofro de miopia, pois não sou capaz de ver o invisível.

       Ao examinar os ouvidos, verifiquei que necessitavam de uma limpeza, para escutarem bem a Palavra de Deus.

       Não fui à farmácia, mas mediquei-me a partir das propostas do Evangelho que passou a ser o meu livro de cabeceira. Percebi que Jesus veio para que tenhamos vida em abundância.

 

in PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças, Hoje.

27.05.11

Bem-aventuranças: Jesus vem de novo à terra!

mpgpadre

       Uma vez, Cristo saiu de junto da glória do Pai e foi passear pelo mundo dos homens. Como sempre teve tendência de preferir os pequenos e os pobres, passeou por bairros populares, entrou em barracas, passou por prisões, observou de perto a vida das pessoas. Como outrora, encheu-se de compaixão, e decidiu fazer algo.

        Por isso dirigiu-se a alguns cristãos que foi encontrando na cidade.

 

Ao primeiro disse:

       - Preciso de ti, dos teus ouvidos para escutar as histórias da senhora Ana, a velhinha que necessita de alguém que não se canse de a ouvir.

 

A outro disse:

       - Preciso de ti, dos teus braços para pegar naquela criança deficiente, pois a sua mãe está cansada e não pode mais.

 

A outro disse:

       - Preciso de ti, das tuas palavras porque quero saudar e chamar o senhor José, que é invisual e que é invisível para as pessoas que correm a olhar para o relógio.

 

A outro disse:

       - Preciso de ti, das tuas mãos para dar uma palmada de ânimo a David que, apesar das suas recaídas, já conseguiu passar 15 dias sem consumir droga.

 

A outro disse:

       - Preciso de ti, do teu trabalho para dar uma ajuda à senhora Maria, pois o marido está desempregado e ela tem três filhos para educar.

 

A outro disse:

       - Preciso de ti, do teu coração, porque quero explicar a Marta e a João que, apesar de não poderem comprar um andar, tenho uma mensagem de amor e liberdade para eles.

 

       E foi assim que Cristo foi interpelando os seus seguidores, pois desejava ver a todas as pessoas felizes.

 

in PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças, Hoje.

19.05.11

Oração de João Paulo II sobre a Paz

mpgpadre

Deus dos nossos pais, grande e misericordioso,

Senhor da paz e da vida, pai de todos,

Tu tens projectos de paz e não de aflição,

condenas as guerras e abates o orgulho dos violentos.

Enviaste o teu Filho Jesus

para anunciar a paz aos que estavam perto e longe,

para reunir os homens numa única família.

Escuta o grito unânime dos teus filhos,

a súplica cheia de tristeza de toda a humanidade:

Jamais a guerra, aventura sem regresso.

Jamais a guerra, espiral de morte e de violência;

não a esta guerra que é uma ameaça

para todas as criaturas, na terra e no mar.

Em comunhão com Maria, Mãe de Jesus, suplicamos ainda:

Fala ao coração dos responsáveis dos destinos dos povos,

pára a lógica das represálias e da vingança,

sugere pelo teu Espírito novas soluções, gestos generosos,

possibilidades de diálogo e de paciência.

Dá ao nosso tempo dias de paz. Jamais a guerra.

Ámen.

in PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças, Hoje.

18.05.11

Leituras: as Bem-aventuranças, hoje

mpgpadre

PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças hoje. A bússola que orienta para a felicidade. Edições Salesianas: Porto 2011.

     Mais uma leitura leve, agradável e profunda que recomendámos.

      Partindo das Bem-aventuranças, do Sermão da Monstanha, Pedrosa Ferreira apresenta-nos este consjunto de catequeses para adolescentes, jovens e adultos.

     Em cada catequese é-nos apresentada a vivência de Jesus na respectiva Bem-aventurança, é proposta para os nossos dias, com orientações simples e práticas, com o convite ao empenho/compromisso, rezando a bem-aventuanças. Em cada uma das bem-aventuranças é também apresentado um exemplo de vida como Jesus de Nazaré, Madre Teresa de Calcutá, João Paulo II, Maximiliano Kolbe, Clara de Assis, Bakhita, François Van Thun, Domingos Sávio, João XXIII.

       Para utilizar como catequese, mas também como leitura pessoal e/ou comunitária.

11.05.11

Bem-aventuranças: falar e calar

mpgpadre

Falar oportunamente, é sensatez.

Falar perante o inimigo, é civismo.

Falar perante uma injustiça, é valentia.

Falar para rectificar, é um dever.

Falar para defender, é compaixão.

Falar para ajudar os outros, é consolar.

Falar com sinceridade, é rectidão.

Falar de Deus, manifesta muito amor.

Calar quando acusam, é heroísmo.

Calar as próprias dores, é sacrifício.

Calar e não falar de si, é humildade.

Calar as misérias humanas, é caridade.

Calar a tempo, é prudência.

Calar palavras inúteis, é sabedoria.

Calar quando nos ofendem, é fortaleza.

Calar para melhor amar, é santidade.

PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças hoje. A Bússola que orienta para a felicidade. Edições Salesianas. Porto 2011.

10.05.11

Maria de Nazaré: a boa samaritana!

mpgpadre

«Maria de Nazaré:

       Ela esteve disponível para ser a boa samaritana, ficando em casa de Isabel durante três meses para servir; esteve disponível para estar de pé, junto à cruz, como "mãe coragem", mantendo-se ao lado de Jesus que, nesse momento, estava a ser vítima do maior sofrimento: crucificado como um criminoso e sentindo-se abandonado pelo Seu Pai: "Meu Deus, porque Me abandonaste?" Maria das Dores, Maria das Lágrimas, que depois de uma vida de boa samaritada, foi elevada ao Céu e glorificada».

 

PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças hoje. A Bússola que orienta para a felicidade. Edições Salesianas. Porto

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio