Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

28.10.16

VL – O amor afasta o temor (Santa Faustina)

mpgpadre

Jesus-Divina-Misericordia3.jpg

Imaginemos um pai severo, com muitas regras e castigos. Tão distante dos filhos que se faz respeitar pelo medo. Basta um olhar! E se for preciso desapertar a fivela do cinto...
Imaginemos um pai compreensivo, dialogante, carinhoso com os filhos, estabelece regras explica-as, negoceia fronteiras e limites...
Passados 30 anos, quais os filhos estarão mais próximos dos pais?
Há pessoas que se atêm à religião mais pelo medo, pela presença demoníaca, pela escrupulosidade do pecado, que pelo convite acolhedor de Jesus e do Seu Evangelho de Paixão e de Misericórdia.
O Ano Jubilar acentuou a dinâmica do amor de Deus para com a humanidade, assumido e plenizado na vida de Jesus, na Sua morte e ressurreição, e o desafio à Igreja para ser Casa da Misericórdia, assomando a beleza e a alegria da Boa Nova da redenção. 
Há um caminho importante a fazer. O caminho de cada um – lembrando as palavras do então cardeal Ratzinger: há tantos caminhos quantas as pessoas – há de aproximar-nos de Jesus, Caminho, Verdade e Vida. Com Ele experimentamos libertação, docilidade, prontidão, serviço. Não ameaça, atemorização. Jesus não olha para o inferno mas para o Céu, para o Pai.
Ao longo dos séculos, muitos círculos eclesiais acentuaram o medo e à ameaça. As descrições do inferno pareciam ser testemunhos de quem lá tinha estado. O inferno era garantia da nossa vida. Era preciso fazer tudo para ganhar o céu, pelo sacrifício, pela mortificação, anulando-se como pessoas e colocando-se em atitude de subserviência, à espera que à custa de tantos sofrimentos Deus pudesse compadecer-se. É o contrário, o Céu é garantia e a vida eterna está aí como dom que nos responsabiliza com os outros.
A vida, a pregação e a oração dos cristãos há de estar preenchida com ternura e o amor de Deus. Nãos se trata de negar a doutrina da Igreja, assente nas palavras e nos gestos de Jesus. Porém, seguindo-O, veremos a bondade e a filiação amistosa com o Pai. O inferno é uma possibilidade real. Deus leva-nos a sério, respeita a nossa liberdade e o nosso não. Mas como cristãos e como Igreja vivemos do amor de Deus. Jesus procura libertar, elevar, envolver. A Cruz é a assunção do amor levado até à última gota de sangue. Com a Sua ressurreição, Jesus coloca a nossa natureza humana na glória do Pai, de onde nos atrai e desafia.
 
Publicado na Voz de Lamego, n.º 4380, de 27 de setembro de 2016

18.01.12

18. Utiliza positivamente a inteligência.

mpgpadre

Utiliza positivamente a inteligência.
Golias e David, a força e a habilidade.
Quando me sinto fraco é que sou forte (São Paulo)

Deixando-nos inspirar pela Bíblia, Palavra de Deus para os crentes, e na leitura proposta na liturgia de hoje, encontramos o episódio de Golias e David (1 Sam 17, 32-33.37.40-51). Evidentemente, que em toda a histórias dos povos, das famílias, dos grupos, se salienta a grandeza, a valentia, a heroicidade. E como acontece nesta passagem, quanto maior é o adversário - Golias seria um gigante - mais redundante será a vitória.
Em todo o caso, e deixando de lado o episódio de guerra e violência, há a retirar uma grande lição. A força pode vencer muitas vezes, de muitas formas, durante muito tempo, mas será derrotada. Ou será derrotada se não houver valores mais altruístas. Veja-se como ao longo da história foram tantos os gigantes que acabaram em ruínas, impérios e pessoas, movimentos e heróis.

O ser humano é fascinante. A sua sobrevivência deve-se à agilidade, à inteligência, à utilização de instrumentos que o tornaram mais forte, à vivência da maior das forças - que é também a maior das fraquezas - o amor. Inteligência e amor interligados transformam a nossa vida, mesmo nas situações mais inóspitas.
David vence em nome de uma causa, o seu povo, em nome da liberdade, da afirmação dos seus compatriotas. Utiliza a inteligência, com uma funda (uma fisga) e pequenos seixos derrota o poderia de GOLIAS, o gigante que vinha com toda a sua força, com as melhores armas, temido por todos. Torna-se cada vez maior, mais gigante. David abate-o num instante. Usa a inteligência e os meios que estão ao seu alcance, a humildade e a agilidade.

Em relação a animais de grande porte. Usamos a inteligência e conseguimos sobreviver. Pelo amor, povos e nações foram salvas. O próprio David experimentará que o poderio sem humildade, sem bondade e sem humildade, pode ser destruído, se faltar a inteligência, o amor, a bondade, a humildade.

Ao longo do tempo, foram demasiados os gigantes que acabaram por tombar. Também nós se usarmos a força, a ignorância, a arrogância, o orgulho, a prepotência. Acabaremos por ser derrotados. Vencerá a grandeza que nasce da alma.

Para cristãos, para todos, é significativa a palavra de São Paulo, quando me sinto fraco então é que sou forte, pois deixo que a grandeza de Deus me transforme e me aproxime da vida, dos outros.

05.11.11

Sê bondoso para contigo!

mpgpadre

Ser bondoso para contigo significa

olhares para ti com humanidade.

Ser bondoso significa sentires-te bem contigo próprio.

É reconhecer a criança ferida que existe em ti

e usares de misericórdia para com ela;

olhar para as próprias feridas

com o olhar compassivo do coração

e agir com uma dedicação sincera.

Não deves enfurecer-te com as tuas próprias fraquezas,

mas sim olhá-las com amor e aceitá-las.

Só um olhar carinhoso pode fazer com que as nossas fraquezas se transformem.

 

Não dificultes a tua vida

ao levar demasiado a sério aquilo que não te agrada em ti

e o que te aborrece nos outros.

Vive e deixa viver.

Vê para lá das coisas.

 

Sê criativo na forma como levas alegria

à vida das pessoas que vais encontrando.

As rosas que fazes florescer para os outros

não perfumam apenas a vida delas.

Também inebriam a tua.

Também enchem o teu coração de amor e alegria.

Sempre que te aproximas dos outros,

há algo em ti que se agita, que te faz sentir livre e expansivo.

 

Anselm Grün, em "Em cada dia... um caminho para a felicidade", a partir de ABRIGO dos SÁBIOS

07.06.11

Bem-aventuranças: a história do pacificador!

mpgpadre

O sorriso

       Ele é o cartão de visitas das pessoas saudáveis. Distribua-o gentilmente.

 

O diálogo

       Ele é a ponte que liga as duas margens, o céu e a terra, nós e os outros. Passe diariamente por esta ponte da amizade.

 

A bondade

       Ela é a flor mais atraente do jardim de um coração bem cultivado. Plante flores.

 

A alegria

       Ela é o perfume gratificante, fruto do dever cumprido. Esbanje-o. O mundo precisa dele.

 

A paz da consciência

       Ela é o melhor travesseiro para o sono da tranquilidade. Viva em paz consigo mesmo, com os outros e com Deus.

 

A fé

       Ela é a bússola certa para os navios errantes, incertos, buscando as praias da eternidade. Que nunca lhe falte.

 

A esperança

       Ela é o vento bom enfunando as velas do nosso barco. Chame-o para dentro do seu quotidiano.

 

O amor

       Ele é a melhor música na partitura da vida. Sem ele, será um eterno desafinado (Roque Schneider).

 

in PEDROSA FERREIRA, As Bem-aventuranças, Hoje.

16.02.11

Papa João XXIII: Os dez Mandamentos da Serenidade

mpgpadre
  1. Só por hoje tratarei de viver exclusivamente este meu dia, sem querer resolver o problema da minha vida, todo de uma vez;

  2. Só por hoje terei o máximo cuidado com o meu modo de tratar os outros: delicado nas minhas maneiras; não criticar ninguém, não pretenderei melhorar ou disciplinar ninguém senão a mim;

  3. Só por hoje me sentirei feliz com a certeza de ter sido criado para ser feliz não só no outro mundo, mas também neste;

  4. Só por hoje me adaptarei às circunstâncias, sem pretender que as circunstâncias se adaptem todas aos meus desejos;

  5. Só por hoje dedicarei dez minutos do meu tempo a uma boa leitura, lembrando-me que assim como é preciso comer para sustentar meu corpo, assim também a leitura é necessária para alimentar a vida da minha alma;

  6. Só por hoje praticarei uma boa ação sem contá-la a ninguém;

  7. Só por hoje farei uma coisa de que não gosto e se for ofendido nos meus sentimentos procurarei que ninguém o saiba;

  8. Só por hoje farei um programa bem completo do meu dia. Talvez não o execute perfeitamente, mas em todo o caso, vou fazê-lo. E me guardarei bem de duas calamidades: a pressa e a indecisão;

  9. Só por hoje ficarei bem firme na fé de que a Divina Providência se ocupa de mim, mesmo se existisse só eu no mundo – ainda que as circunstâncias manifestem o contrário;

  10. Só por hoje não terei medo de nada. Em particular, não terei medo de gozar do que é belo e não terei medo de crer na bondade.

Papa João XXIII (postado a partir de 33 católico)

17.08.10

Um caixa preta, outra dourada!

mpgpadre

       Tenho em minhas mãos duas caixas que Deus me deu para guardar.

       Ele disse:

       - Coloque todas as suas tristezas na preta e todas as suas alegrias na dourada.

       Eu atendi as Suas Palavras e guardei nas duas caixas tanto as minhas alegrias quanto as minhas tristezas.

       Mas, embora a dourada ficasse cada dia mais pesada, a preta era tão leve quanto antes.

       Curioso, abri a preta. Eu queria descobrir porquê, e vi na base da caixa, um buraco pelo qual minhas tristezas saíam. Mostrei o buraco a Deus, e pensei alto:

       - Gostaria de saber onde minhas tristezas podem estar.

       Ele sorriu gentilmente para mim:

       - Meu filho, elas estão aqui comigo.

       Então perguntei-Lhe:

       - Deus, por que dar-me as caixas, por que a dourada e a preta com o buraco?

       - Meu filho, a dourada é para você contar suas bênçãos, a preta é para você deixar ir embora suas tristezas.

 in Boa Nova.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio

Em destaque no SAPO Blogs
pub