Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

27.01.18

Sei quem Tu és: o Santo de Deus

mpgpadre

1 – Jesus não nos quer pela rama, quere-nos com o que somos e com o que fazemos. Por conseguinte, também Ele não Se dá aos bocadinhos, a prestações, entrega-Se como nos quer, por inteiro, gastando-Se até à última gota de sangue. Não há meio-termo!

A nossa vida é um caminho nunca acabado. Enquanto vivemos, no tempo e na história, há sempre aspetos da nossa vida pessoal, familiar, profissional, em que podemos e devemos crescer, desenvolver as capacidades, fazer com que os dons e os talentos se multipliquem. Vivemos, se quisermos ser honestos, em dinâmica de conversão.

A encarnação de Cristo e a Sua vinda como Um de nós, tem como propósito salvar-nos integralmente, alma, corpo e espírito. O Seu ministério é um serviço de salvação completa, curando-nos das feridas corporais e espirituais, restaurando a nossa dignidade e identidade original, assumindo-nos como irmãos, filhos do mesmo Pai.

O povo que vivia nas trevas viu uma grande Luz. Jesus vem iluminar a vida. Passa pelo mundo fazendo o bem. Leva a Boa Nova aos pobres, cura os doentes, sara os leprosos, convive com os excluídos: pecadores e publicanos, crianças e mulheres de má vida, doentes e estrangeiros. Faz-Se acompanhar por um bando de maltrapilhos, sem excluir ninguém. Entre os Seus apóstolos contam-se pobres, assalariados; proprietários, como Tiago e João; alguns com mais cultura como Filipe que falava grego, ou bons gestores, como Judas Iscariotes. Os que primeiro se apaixonam por Jesus, pelas Suas palavras e proceder, são pessoas despretensiosas, simples, algumas delas magoadas pela vida, mas ainda assim prontas a confiar em Alguém que traz a Luz da proximidade, da compreensão, do perdão e do amor.

EvangelhoDia14012014.jpg

 2 – O Profeta da Alegria ensina com autoridade. Autoridade que Lhe vem do alto, pois faz o que viu fazer ao Pai e concretiza as obras do Pai, não tendo a preocupação de Se exibir. A autoridade firma-se na coerência das palavras e dos gestos. As palavras que profere são acompanhadas com gestos de libertação, acolhendo, abraçando, tocando as pessoas com marcas da doença, do pecado e da morte! Sem preconceitos! Sem receio de ser apontado ou contagiado pelo mal ou pela maldade, mas confiante em contagiar com o Seu amor e com a Sua bondade todos os que vai encontrando no caminho.

A vida não para. Jesus não para. Quer que todos conheçam o Seu Pai, para Se deixarem transformar, pelo cuidado e, por sua vez, se tornem cuidadores!

Chegou a Carfanaum. Não terá muito tempo para o descanso, mas também não vive na azáfama de "mudar" o mundo de uma só vez e de forma milagreira. No sábado seguinte entrou na sinagoga, concluindo-se que nada de extraordinário aconteceu nos dias anteriores. Algum sossego: Jesus está e quer estar connosco, na festa e na rotina, no nosso dia-a-dia, mesmo que passe impercetível. Mas está no meio de nós. Caminha connosco. Está tão embrenhado no mundo que até podemos não O reconhecer! E aí já se torna preocupante!

Na Sinagoga está um homem com um espírito impuro! Nada do outro mundo. Maior que todos os espíritos impuros ou que todos os demónios, é Jesus. Todo o poder e toda a glória Lhe foram dados no Céu e na Terra. Não temais, Eu venci o mundo! O filho do Homem derrotou o Príncipe das trevas! É uma garantia dada por Jesus e nós ainda andamos tão acabrunhados a pensar que os demónios têm mais poder que Jesus! Era o que mais faltava. Onde habita Cristo não há lugar para demónios, há lugar, isso sim, para a vida, para a luz, para o amor, para a paz, para o bem, ainda que haja sofrimentos e contrariedades, ainda haja hesitações e dúvidas. Deus é maior. Jesus é maior! Maior que qualquer espírito impuro! Maior pelo Amor!

 

3 – O testemunho do espírito impuro acerca de Jesus é eloquente: «Sei quem Tu és: o Santo de Deus». Ou seja, nem a "impureza" deve impedir o reconhecimento da grandeza de Deus. Nós que fomos resgatados pela água e pelo Espírito Santo, imersos no mistério da Sua morte e ressurreição, mais razões temos para testemunhar o Seu amor e o Seu perdão e as maravilhas que Ele realiza no mundo, contando comigo e contigo, contando com todos.


Textos para a Eucaristia (ano B): Deut 18, 15-20; Sl 94 (95); 1 Cor 7, 32-35; Mc 1, 21-28.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio