Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

11.06.12

Catequese Paroquial de Tabuaço - Bem-aventuranças 2012

mpgpadre

       Sábado, 9 de junho, Eucaristia vespertina, mais uma festa da catequese, desta feita das Bem-aventuranças, dos adolescentes do 7.º ano. Tivemos a ventura de celebrarmos também o Sacramento do Batismo da Constança, filha do Sérgio e da Marlene, paroquianos de Tabuaço. Ficam algumas das imagens desta belíssima festa...

Para mais fotografias visitar:

21.11.11

Ordenação Diaconal de Ricardo Barroco

mpgpadre

       Ontem, a partir das 16h00, na Sé Catedral, 135 anos depois da Dedicação da mesma, Dia da Igreja Diocesana, solenidade de Jesus Cristo Rei do Universo, o Administrador Apostólico da Diocese de Lamego, D. Jacinto Botelho, um dia depois de conhecer o Seu sucessor, D. António Couto, presidia à Eucaristia solene com a Ordenação de mais um Diácono em ordem ao sacerdócio ordenado: Ricardo Jorge Ribeiro Barroco.

 

Pontos de contacto:

       Durante a celebração de ordenação do novo Diácono Ricardo, lembramo-nos de alguns pontos de contacto importantes, pelo menos para nós.

       A naturalidade é a mesma: PENUDE. Nascemos e fomos baptizados na paróquia de Penude.

       O Ricardo, ainda muito novo foi viver para Magueija. Entre os 2 e os 10/11 anos também vivi em Magueija e aí frequentei a Escola Primária (no Cabeço). Nessa altura, já andava no ciclo, regressei à minha povoação, Matancinha, em Penude. Ele permaneceu em Magueija.

       O Ricardo pertence a uma família - os Barrocos - a que também eu tenho ligações, parentes afastados. Quando era pequeno, diziam aos meus pais que eu saía à parte dos barrocos.

       Saliente-se também que o Ricardo tem um primo sacerdote, o Pe. Horácio Rossas, Comboniano e que se encontra atualmente na Zâmbia, em missão.

       No meu estágio pastoral, no Seminário Menor de Resende, como Diácono, na Equipa Formadora, encontrei o Ricardo Barroco, aluno do 8.º ano e depois do 9.º ano, juntamente com outros que hoje são sacerdotes, como o Pregador da novena da Imaculada Conceição, o Pe. António Giroto, aliás, são do mesmo ano.

       Atualmente e desde há 11 anos ao serviço de paróquias no Arciprestado/Concelho de Tabuaço, e o Ricardo Barroco, integrando a Equipa Sacerdotal do Pe. Amadeu e do Pe. Filipe, estagia em algumas paróquias deste Arciprestado: Valença do Douro, Desejosa (com a anexa da Balsa) e Pereiro.

19.07.11

Boletim Paroquial Voz Jovem - Julho 2011

mpgpadre

       Aí está mais uma edição do Boletim Paroquial VOZ JOVEM. Em formato de papel, distribuído gratuitamente no final das Eucaristias de fim de semana, e aqui em formato virtual, à disposição de todos os que acharem por bem acederem-lhe.

       Neste mês de Julho, destacamos alguns dos acontecimentos que marcaram o ritmo pastoral do mês de Junho, mormente a celebração da Primeira Comunhão, na solenidade de Corpo de Deus, no dia 23 de junho, e o Sacramento da Confirmação, no dia 19 de Junho. Há depois os temas habituais, do editorial - o poder curativo que há em nós - e o Olhar de um Jovem, sobre a Esposa de Isaac, bem como outras informações respeitantes à comunidade paroquial.

       O Boletim poderá ser lido a partir da página da paróquia de Tabuaço, ou fazendo o download:

06.07.11

Sacramento da Confirmação - Tabuaço 2011

mpgpadre

       Nove jovens adolescentes da nossa comunidade paroquial de Tabuaço, que completaram 10 anos de catequese, celebraram o Sacramento da Confirmação, no passado dia 19 de Junho, conforme oportunamente aqui foi informado. Algum tempo passado colocamos hoje um vídeo que acolhe diversas fotos com variados momentos da celebração.

21.06.11

Boletim Paroquial Voz Jovem - Junho 2011

mpgpadre

       O Boletim da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição reflecte, como é óbvio, o que vai acontecendo na comunidade, celebrações, actividades diversas, encontros, reuniões. Neste mês de Junho, um pouco à semelhança do mês passado, ocupam um lugar especial as festas da cateques, da Palavra, da Profissão de Fé e da celebração do Sacramento da Confirmação, com a presença do Sr. Bispo, D. Jacinto Botelho. Mas há outros motivos de interesse, a Peregrinação Nacional das Crianças a Fátima, no passado dia 10 de junho, e o Futsal de Saltos Altos. De fora outros momentos em que a paróquia esteve envolvida, directa ou indirectamente, a XXVI Jornada Diocesana da Juventude, no Touro, em Vila Nova de Paiva, no dia 28 de Maio, o torneiro de Futsal Fair Play, para rapazes, que se realizou em Tabuaço, no dia 11 de junho, e ainda o acampamento das Guias e escuteiros da Europa, em Ourém. Sempre incluído, as informações paroquiais e a reflexão bíblica, em "O Olhar de um Jovem".

       O Boletim poderá ser lido a partir da página da paróquia de Tabuaço, ou fazendo o download:

17.03.11

Visita Pastoral de D. Jacinto a Távora

mpgpadre

       D. Jacinto Tomaz de Carvalho Botelho, Bispo de Lamego, esteve em Visita Pastoral a Távora, concretamente nos dias 3 e 6 de fevereiro deste ano de 2011. No dia 3, visitou a Escola do 1.º Ciclo de Távora e reuniu com as pessoas mais ligadas ao trabalho pastoral, dos vários grupos paroquiais. No dia 6, o Sr. Bispo presidiu à Eucaristia, que incluía o Sacramento da Confirmação de 10 jovens da comunidade paroquial. Estas são algumas das imagens, com a música de fundo de Carlos Marques, da Comunidade Shalom.

08.02.11

Visita Pastoral e Crisma, em Távora

mpgpadre

       No dia de ontem, 6 de Fevereiro, Domingo, a paróquia de Távora esteve em festa, com a Visita Pastoral de D. Jacinto Botelho, que presidiu à Eucaristia que incluía a celebração do Sacramento da Confirmação (Crisma) de 10 jovens: a Carla, a Joana, o Pedro, a Ana Filipa, a Raquel Patrícia, a Vanessa, o João Carlos, o Marcelo, a Daniela, a Beatriz.

       Na passada quinta-feira, 3 de Fevereiro, o Sr. Bispo tinha estado na Escola do Primeiro Ciclo e Jardim Infância, a meio da tarde, e com os grupos paroquias (Conselho Económico, Grupo Coral, Catequistas, Acólitos, Zeladoras da Igreja e dos altares, Leitores) e com os Crismandos.

       O domingo centrou-se no essencial, a celebração da Eucaristia e da Confirmação.

       No início da Eucaristia, uma catequista deu as boas-vindas ao Sr. Bispo com as palavras que se seguem:

 

       "Excelentíssimo e reverendíssimo Sr. Bispo

       Reverendo Pároco

       Cristãos desta nossa comunidade

 

       É com muita alegria, em preito de louvor e acção de graças, que queremos receber Vossa Excelência Reverendíssima, D. Jacinto, como Sucessor dos Apóstolos, como nosso Pastor e Guia, à frente da Diocese de Lamego, à qual pertencemos.

       Há 7 anos atrás, pudemos testemunhar as Sua presença e saborear as suas sábias palavras, no encontro com os grupos paroquiais, com as crianças da escola, na visita aos doentes aquando da Visita Pastoral e posteriormente na inauguração dos trabalhos realizados na Sacristia. A finalizar a Visita Pastoral, por motivos de saúde não se pôde deslocar a Távora, sendo enviado por Vossa Excelência Reverendíssima o então Vigário-Geral, Mons. Eduardo Russo, entretanto na Casa do Pai.

       Hoje está no meio de nós para nos confirmar na Fé, para connosco partilhar o que Lhe vai na alma, para testemunhar, com as suas palavras e com a sua vida, a comunhão a Jesus Cristo – esta vida nova que todos recebemos pela água e sobretudo pelo Espírito Santo, no dia do nosso baptismo. Preside à Eucaristia, como preside a toda a Diocese, para tornar mais sólida a nossa comunhão com a Igreja, para fortalecer a nossa fé, para celebrar festivamente o mistério da Morte e Ressurreição de Jesus, para nos incentivar à caridade, a fim de vivermos como comunidade de irmãos e irmãs em Jesus Cristo.

       Cada comunidade, e a nossa também, é constituída por pessoas, com sensibilidades diferentes, com diferentes qualidades e limitações, com muitos talentos que Deus nos dá, para vivermos em povo. Por vezes, porém, afastamo-nos da fé em Jesus Cristo e cada um caminha por si mesmo, seguindo as suas ideias e preocupações. Como cristãos, devemos e pudemos viver nos mesmos sentimentos de Cristo, alimentando-nos da Sua Palavra e dos Sacramentos que nos deixou, até à vida eterna. Desta forma, não estamos sós. Ele está no meio de nós, caminha connosco, dá-nos o auxílio da Sua graça e da Sua caridade.

       Pedimos ao Espírito Santo, cujos dons recebemos na celebração da Confirmação e que hoje, 10 jovens da nossa comunidade vão receber também, nos dê a humildade para escutarmos o que Jesus Cristo nos quer dizer na pessoa de Vossa Excelência Reverendíssima, nosso Bispo e Pastor, e nos conceda a sabedoria e a audácia para seguirmos com fidelidade e alegria os desígnios de Deus para nós e para a nossa comunidade paroquial.

       São João Baptista, nosso Padroeiro, ilumine a nossa conduta, a nossa vivência cristã, na opção pela verdade e por Deus e que nada nos afaste da fidelidade à Palavra de Deus, acolhida, vivida, amadurecida e celebrada em Igreja, na comunhão com o nosso Pároco e com o nosso Bispo, para assim vivermos em comunhão com toda a Igreja.

       São João Baptista, rogai por nós!"

09.01.11

Este é o meu Filho muito amado

mpgpadre

       1 – "Jesus chegou da Galileia e veio ter com João Baptista ao Jordão, para ser baptizado por ele. Mas João opunha-se, dizendo: «Eu é que preciso de ser baptizado por Ti e Tu vens ter comigo?». Jesus respondeu-lhe: «Deixa por agora; convém que assim cumpramos toda a justiça». João deixou então que Ele Se aproximasse" (Evangelho).

       O Baptismo de Jesus sublinha a assunção plena da humanidade por parte de Deus, manifestada já na Encarnação de Deus, cuja expressão histórica e temporal nós celebrámos com o Natal, nascimento de Jesus, o Filho de Deus.

       A omnipotência divina, a grandeza de Deus, manifesta-se na nossa fragilidade humana e na nossa finitude. Ele assume a nossa humanidade, com a limitação do tempo e do espaço. Ao encarnar, assume as leis de um mundo determinado e concreto, uma cultura, uma religião, uma sociedade. Por conseguinte, veremos Jesus a cumprir com as exigências das leis judaicas, com as tradições religiosas, com os ritos cultuais.

       Junto de João Baptista, Jesus tem este gesto de humildade que em nada o diminui, pelo contrário confirma a Sua missão de Se fazer um de nós, assumindo tudo o que é verdadeiramente humano,

 

       2 – Com o Seu baptismo, Jesus inicia uma nova etapa na Sua vida.

       Será impelido ao deserto, lugar de silêncio e de encontro com Deus, lugar de oração e contemplação, tempo de preparação para a vida pública. É o baptismo que projecta a missão de Jesus. João "termina" a Sua missão propedêutica e Jesus assume em definitivo o anúncio do Reino de Deus. É para isso que veio, que foi enviado por Deus Pai, que foi escolhido. Ele é o Eleito, por excelência. No baptismo, Deus revela-nos a identidade de Jesus, que será igualmente missão a favor da humanidade inteira.

       "Logo que Jesus foi baptizado, saiu da água. Então, abriram-se os céus e Jesus viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e pousar sobre Ele. E uma voz vinda do céu dizia: «Este é o meu Filho muito amado, no qual pus toda a minha complacência»" (Evangelho).

       "Diz o Senhor: «Eis o meu servo, a quem Eu protejo, o meu eleito, enlevo da minha alma..." (primeira leitura).

 

       3 – O baptismo não é um rito mais, é uma vida nova que recebemos de Deus.

       Vale para Jesus e vale para nós. As palavras vindas do Céu confirmam Jesus como o Eleito, o Bem Amado de Deus, mas, e como escutamos na primeira leitura, n'Ele repousa o Espírito de Deus para levar a justiça às nações: "...Sobre ele fiz repousar o meu espírito, para que leve a justiça às nações. Não gritará, nem levantará a voz, nem se fará ouvir nas praças; não quebrará a cana fendida, nem apagará a torcida que ainda fumega: proclamará fielmente a justiça. Não desfalecerá nem desistirá, enquanto não estabelecer a justiça na terra, a doutrina que as ilhas longínquas esperam. Fui Eu, o Senhor, que te chamei segundo a justiça; tomei-te pela mão, formei-te e fiz de ti a aliança do povo e a luz das nações, para abrires os olhos aos cegos, tirares do cárcere os prisioneiros e da prisão os que habitam nas trevas»".

       Ouçamos também as palavras de São Pedro, na segunda Leitura: "Deus ungiu com a força do Espírito Santo a Jesus de Nazaré, que passou fazendo o bem e curando todos os que eram oprimidos pelo demónio, porque Deus estava com Ele".

       O baptismo é um motivo impulsionador para Jesus praticar o bem, curar os doentes, expulsar os demónios, anunciar a vinda do Reino dos Céus, pois Deus está n'Ele, está com Ele.

       Também nós fomos baptizados em Cristo Jesus, não apenas com um baptismo de penitência, como o administrava João Baptista, mas um baptismo de conversão e de vida nova. Também Deus está connosco. Que é que fazemos com o nosso baptismo? Como preenchemos a vida nova que recebemos de Deus?

_________________________

Textos para a Eucaristia (ano A): Is 42, 1-4.6-7; Act 10, 34-38; Mt 3, 13-17

 

13.11.10

Deixando-me perdoar, aprendo a perdoar...

mpgpadre

 

       "Importante é também o sacramento da Penitência. Ensina a olhar-me do ponto de vista de Deus e obriga-me a ser honesto comigo mesmo; leva-me à humildade. Uma vez o Cura d’Ars disse: Pensais que não tem sentido obter a absolvição hoje, sabendo entretanto que amanhã fareis de novo os mesmos pecados. Mas – assim disse ele – o próprio Deus neste momento esquece os vossos pecados de amanhã, para vos dar a sua graça hoje. Embora tenhamos de lutar continuamente contra os mesmos erros, é importante opor-se ao embrutecimento da alma, à indiferença que se resigna com o facto de sermos feitos assim. Na grata certeza de que Deus me perdoa sempre de novo, é importante continuar a caminhar, sem cair em escrúpulos mas também sem cair na indiferença, que já não me faria lutar pela santidade e o aperfeiçoamento.

       E, deixando-me perdoar, aprendo também a perdoar aos outros; reconhecendo a minha miséria, também me torno mais tolerante e compreensivo com as fraquezas do próximo".

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio