Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

Escolhas & Percursos

...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...

31.12.09

A última noite...

mpgpadre

       Estou a chegar ao fim.

       Vivo a minha última noite.

      Mais umas horas e morro. O peso dos dias cansou-me. Trouxe muitas alegrias e muitas tristezas. Uns esperavam mais de mim, outros contentaram-se com o que lhes trouxe. Passei sempre fiel ao relógio, como quem passa as contas do rosário; não tenho emoções, simplesmente passo. Mas quem me viveu enche-me de sentido. Há pessoas que se vão lembrar de alguns dos meus dias com alegria e há os que se vão lembrar daquele dia em que estiveram tristes. Apesar de tudo, sinto que fui útil, e que me aproveitaram. Todos os dias tiveram lágrimas e sorrisos, nascimentos e mortes. Por todos passei e a todos alterei.

       Não sou só eu que estou cansado. Muitos hão-de acabar nesta noite como eu... é a vida, são os dias e sou eu, o ano de 2009, que me fino para que venha um 2010 cheio de esperanças, de paz e de realizações de sonhos. Não pensem que somos nós, os anos, que mudamos as vidas... quem nos vive é que que se vai mudando.
       Foi um prazer passar convosco estes 365 dias. Adorei fazer parte da vossa história. Que o meu sucessor vos traga aquilo eu não vos consegui dar. E que Deus, que é o Senhor dos dias, dos meses e dos anos - meu Senhor! - vos encha da sua paz!

 

A partir de "Retalhos da Vida de um Padre".

31.12.09

Por Cristo, com Cristo, em Cristo...

mpgpadre

Enquanto...

       ... o celebrante elevava o Corpo e Sangue de Cristo e dizia:

      "Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-Poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre." 
       O meu coração "derretia-se" e... as lágrimas queriam saltar. Sem entender muito bem, o que se estava a passar comigo... entrei em diálogo com ELE.
       Sei que chegará o dia... sei que És Tu Senhor que me chamas... mas não posso, não por agora.
       Cabe-me esperar... esperar pacientemente...
       Oiço-TE daqui Senhor, anseio aquilo que Tu Senhor, anseias para mim... continuo á espera.
       Já não duvido que És Tu quem me chama.
       Já não duvido... pode demorar 20, ou mais anos até... mas chegará o dia em que poderei cumprir a Tua vontade.
       Foi neste espírito de anseio que fui á Mesa da Comunhão, na certeza que as Obras de DEUS sempre se cumprem. O homem pode até atrasar a Vontade do Pai, mas não pode impedir que Ela se realize, porque Esta é Santa e Santificadora.
       Creio que apesar de me ver tão pequenina, tão frágil e tão incapaz... N. Senhor reserva-me aquilo a que eu chamo "a melhor parte".
       Uma dualidade de sentimentos toma conta de mim. Por um lado... alegria imensa por me sentir chamada a... por outro a tristeza de me ver impedida, por sentir a barreira da mão humana... e como dói!
       Na verdade; a mão humana como barreira não o é a 100%... ninguém pode impedir que "Beijes" o meu coração a cada vez que Te Recebo Senhor, esse momento é único... e que alegria que é!
       O caminho a tomar, é o TEU, Senhor! Tantas vezes o caminho a seguir... é aquele que mais ninguém quer, mas é onde Te Unes com um Amor mais intenso, a quem decide seguir-TE.


Guia-me Senhor!
Ilumina-me Senhor! Santifica-me Senhor!

 

Blogado a partir de "Mar com Sabor a Canela".

31.12.09

Amor fresco e puro

mpgpadre

Não quero amor
que não saiba dominar-se,
desse, como vinho espumante,
que parte o copo e se entorna,
perdido num instante.

Dá-me esse amor fresco e puro
como a tua chuva,
que abençoa a terra sequiosa,
e enche as talhas do lar.
Amor que penetre até ao centro da vida,
e dali se estenda como seiva invisível,
até aos ramos da árvore da existência,
e faça nascer
as flores e os frutos.
Dá-me esse amor
que conserva tranquilo o coração,
na plenitude da paz!

Rabindranath Tagore, in "O Coração da Primavera", a partir de "Conhecer e Seguir Jesus"

30.12.09

Os jovens e a verdade

mpgpadre

       "Os jovens apelidam de hipocrisia qualquer tradição que não aceita seguir a sua lógica interna de fraternidade, de amor aos pobres e de união mística com Deus.

       Rejeitam qualquer valor antigo, excessivamente organizado e que não constitua um manancial de vida; não aceitam uma moral imposta de cima, uma moral esmagadora e asfixiante; querem viver e encontrar liberdade.

       Estão fartos de ver crentes a recitar preces, a assistir a ofícios religiosos, a pregar moral, mas incoerentes com eles próprios, não dando à sua vida denominada «religiosa» as provas de autenticidade exigidas pelo Deus de Amor.

       Os jovens são abertos, disponíveis, acolhedores e tolerantes.

       Querem encontrar pela frente homens de convicção, que não se deixem levar por aquilo que os outros possam pensar ou dizer a seu respeito.

       Acima de tudo, querem o que é verdadeiro. Pretendem que as pessoas sejam elas próprias, sem medo. Não as julgam por um sistema de valores ou por categorias"


Jean Vanier, em "Novas Perspectivas do Amor". Postado a partir de Abrigo dos Sábios.

29.12.09

Boletim Paroquial Voz Jovem - Dezembro

mpgpadre

       O boletim paroquial Voz Jovem, de Dezembro de 2009 está disponível em formato impresso no primeiro dia do ano e também em formato digital/electrónico. Pode ler os diversos textos, informações, comentários a partir da página do BOLETIM, ou fazendo o respectivo download abaixo indicado.

       O assunto principal é a celebração da Festa da Padroeira, com a novena e com a celebração festiva, a Festa de Natal da Cateques e, no Editorial, uma reflexão sobre a Eucaristia e os silêncios litúrgicos, o olhar de um jovem e outras informações da paróquia.

|| Formato PDF | Formato XPS ||

28.12.09

A Luz e o Calor de NATAL

mpgpadre

«Na nossa sociedade faz frio.
E o Natal é luz e calor!
A humanidade enregela sem o Espírito que é fogo.


Contra o frio do egoísmo,
o calor humano.
Contra o frio da ganância, o calor da generosidade.
Contra o frio da indiferença, o fogo da solidariedade.
Contra o frio da solidão, o fogo da proximidade.
Contra o frio do desencanto, o fogo do ideal.»



(Vasco Pinto de Magalhães, em "Não há soluções. Há caminhos.". Blogado a partir de "Abrigo do Sábios")

26.12.09

Natal sem Jesus?! Como há 2000 anos...

mpgpadre

       Estão criadas as condições ideiais para o Natal. Basta olhar à volta e vê-se logo. Reparem como todos andam atarefados com a sua vida, festejos, compras, boas-festas.Tudo se centra em consumo, prazer, dinheiro, azáfama. Não é isto mesmo o ideal para o Natal?

 

       Pelo menos na vida pública, ninguém parece interessado no significado desta festa, no presépio e no nascimento de Cristo. Vemos renas, árvores, sinos, trenós, mas poucas manjedouras. As montras, anúncios, jornais, televisões falam do Pai Natal ou do Obama em Copenhaga, não de Jesus.

       Ninguém medita no acontecimento espantoso que é Deus nascer como um menino, o Omnipotente vir viver como um de nós para trazer toda a felicidade do Céu à tristeza deste mundo. Olhamos à volta e tudo parece alheio a essa espantosa Boa Nova, que mudou e muda o mundo. Basta ver isto e compreende-se: estão criadas as condições ideais para o Natal.

       Porque foi precisamente assim na primeira vez que houve Natal.

       Quando Jesus nasceu também ninguém lhe ligou nenhuma. Toda a gente se atarefava na sua vida, sem sequer saber do estábulo. As atenções estavam centradas nas árvores, no gado, no consumo, prazer. Falava-se de Herodes, gordo e de barbas brancas como o Pai Natal, e no imperador Augusto, com enormes semelhanças a Obama.

       Apesar de avisadas pelos profetas, as pessoas não conseguiam sequer imaginar que Deus pudesse visitar o seu povo. No dia de Natal ninguém achava possível haver Natal. Como hoje. Porque o Natal depende da vontade sublime de Deus, não das condições que nós criamos.

João César das Neves (17/12/2009), a partir de "Pedaços de um caminho".

23.12.09

O Natal à porta...

mpgpadre

       Actualmente os sinais da proximidade ao Natal, celebração do nascimento de Jesus Cristo, aparecem cada vez mais cedo, sobretudo com um fito comercial, mas não deixam de ser um sinal, mesmo que por vezes distorcido, do essencial, Deus que vem até nós, fazendo-se um de nós, colocando-Se em nós, fazendo de nós a Sua morada.

       Partilhamos estas duas imagens: o Presépio da Igreja Paroquial de Tabuaço em que aparecem apenas as figuras centrais: Maria, José, Menino Jesus, e o estandarte de Natal, colocado na fachada do Centro Paroquial de Tabuaço.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Relógio

Pinheiros - Semana Santa

- 29 março / 1 de abril de 2013 -

Tabuaço - Semana Santa

- 24 a 31 de abril de 2013 -

Estrada de Jericó

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Velho - Mafalda Veiga

Festa de Santa Eufémia

Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012

Primeira Comunhão 2013

Tabuaço, 2 de junho

Profissão de Fé 2013

Tabuaço, 19 de maio