...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...
02
Jun 16
publicado por mpgpadre, às 11:02link do post | comentar |  O que é?

CARLA ROCHA (2016). Fale menos. Comunique mais. 10 estratégias para se tornar um grande comunicador. Barcarena: Manuscrito Editora. 148 páginas.

carla_rocha.jpg

Para quem escuta rádio, sobretudo a RFM, Carla Rocha é um nome conhecido, como locutora que fazia parceria com o José Coimbra, no Café da Manhã, e posteriormente no programa próprio, também na RFM, Carla Rocha no Ar. É licenciada em Ciências da educação e pós-graduada em Gestão de Marketing, Comunicação e Multimédia, docente na licenciatura de Ciências da Comunicação da Universidade Europeia e formadora na área da comunicação; é coordenadora do programa Atletas Speakers ( da Comissão de Atletas Olímpicos e pelo Comité Olímpico de Portugal); tem participado em diversas convenções e formações, intervindo em seminários, em formação nas empresas, tendo escrito vários artigos sobre comunicação, publicados em livros e revistas.

Embora pareça orientado para pessoas que tenham de falar em público, fazer apresentações, este livro pode ser lido por todos e contribuir para uma melhor comunicação, mas assertiva, positiva, divertida, envolvente. A vida até pode ser cinzenta, mas a atitude que assumimos na relação com os outros pode treinar-se positivamente. Na comunicação todos podemos melhorar e melhorando a comunicação, melhorará por certo a nossa relação com os outros e com a vida. As técnicas sugeridas ajudam a treinar-nos na empatia, no bom humor, procurando colocar-nos na comunicação. Mais que ser perfeito, importa a sinceridade, mais que um powerpoint importa a mensagem e sobretudo a pessoa que veicula a mensagem.

Dicas e sugestões para descomprimir, conhecer os espaços e as pessoas, usar histórias, o humor, sorrir, colocar-se dentro da mensagem a comunicar, com exemplos concretos da vida pessoal, familiar ou de amigos. A autora serve-se da sua experiência pessoal e familiar, mas nos prender à mensagem que veicula, desde a primeira vez que participou num programa de rádio - uma experiência "para esquecer" - até à entrada na RFM.

As 10 estratégias para melhorar a comunicação:

  1. Assertividade 
  2. Escutar
  3. Simplicidade
  4. Conte histórias
  5. Empatia
  6. Mantenha a mente aberta
  7. Linguagem corporal
  8. Capacidade para mostrar
  9. Autenticidade
  10. Humor

Antes das estratégias a importância de uma boa conversa... meter conversa até com estranhos, e não apenas para falar do tempo... Depois, como fazer apresentações inspiradas, aplicando precisamente as diferentes estratégias. Numa apresentação, o importante é preparar bem, mas não decorar tudo, palavra por palavra, saber o que vair dizer, o que quer que as pessoas saibam, façam e sintam, o que se pretende que os formandos mudem ou façam. A espontaneidade, o humor, o sorriso, o conhecer o espaço em que se vai falar e eventualmente contactar com algumas das pessoas que vão estar na apresentação, perguntando por exemplo sobre o que esperam daquela apresentação ou formação. Começar por uma história, um vídeo engraçado, alguma coisa que prenda...

Como li o livro de fio a pavio e sem fastio, recomendo-o vivamente, porque...

"Certamente já passou pela situação de estar a falar com amigos e sentir que quem o ouve não percebeu exatamente o que quis dizer. de estar preparado para fazer uma apresentação e perceber que, ao fim de poucos minutos, a sua audiência já não o está a ouvir. de falar com o seu marido ou mulher e, sem saber como, sentir que criou um mal-entendido.

Uma má comunicação traz conflitos, discussões, problemas na nossa vida pessoal, familiar e profissional" (Contracapa)

"Quando a comunicação falha põe em causa uma relação amorosa, uma relação de amizade, uma relação familiar, tem um forte impacto nas relações profissionais e nas organizações. Sim, problemas de comunicação podem comprometer uma vida que se quer repleta de oportunidades e experiências gratificantes" (p 15).

"As relações humanas dão trabalho, não somos todos iguais, temos pontos de vista diferentes, entramos em choque muitas vezes. É mais fácil mandar um email. Não deixe que as tecnologias,ou outras formas fugazes de comunicação, o afastem do contacto humano. É durante uma conversa que tomamos consciência das nossas fraquezas, dos nosso pontos fortes e estreitamos ligações" (p 19).

"Quando a comunicação falha é porque alguém não percebeu a ideia, ou não apreendeu o seu valor, ou porque a ideia está perdida no meio de números, gráficos, tabelas ou palavras inaudíveis, intensas no significado mas curtas no entendimento" (p 22).

"A qualidade de uma conversação depende mais da qualidade da escuta do que da qualidade do discurso. É na escuta que percebemos o ponto de vista do outro e encontramos pontos comuns... Fico espantada com a quantidade de pessoas que admitem que não escutam porque estão mais preocupadas em falar e em fazer valer as suas ideias sem reparar no que os outros estão a dizer" (p 37).

 

Veja o vídeo-entrevista com a Carla Rocha, clicando sobre a imagem (acima) ou AQUI: Fale Menos. Comunique Mais.


17
Jan 11
publicado por mpgpadre, às 12:48link do post | comentar |  O que é?

       Delicie-se a ver e a escutar este casal e o seu filho, interpretando God Will Take Care of You:


18
Nov 10
publicado por mpgpadre, às 08:54link do post | comentar |  O que é?

       Quantas vezes já nos depáramos com letreiros, avisos, cartazes, com expressões no mínimo engraçadas. Vejam agora estes que se encontram espalhados em algumas igrejas...


04
Out 10
publicado por mpgpadre, às 16:14link do post | comentar |  O que é?

       Um divertido diaporama sobre a imagem que existe sobre os sacerdotes, tanto ao mar ou tanto à terra...


23
Abr 10
publicado por mpgpadre, às 10:28link do post | comentar |  O que é?

       Um dos mais populares e mais vistos vídeos do Youtube que hoje completa 5 anos. Foi apenas destronado por Lady Gaga: É um momento de agradével humor...




16
Abr 10
publicado por mpgpadre, às 15:38link do post | comentar |  O que é?

É um vídeo de bom humor sobre uma denúncia que não pode ser denúncia, mas que ainda assim é denúncia... sobre algo, que não se pode dizer o que é, e sobre alguém que não se pode acusar, e sobre instituições que não podem ser nomeadas...


07
Abr 10
publicado por mpgpadre, às 11:45link do post | comentar |  O que é?

       A vida também é feita de momentos divertidos como este. Pelas imagens, pode ver-se que é uma concentração de pessoas, preparadas para a festa. Estes dois actores têm o condão de nos fazer rir, descontraidamente... Podem ser as novas ou as velhas oportunidades, de tropas para comediantes, mas que são bem humorados, lá isso são...

tags: , ,

20
Mar 10
publicado por mpgpadre, às 12:18link do post | comentar |  O que é?

       A relação do humor com a morte foi um dos aspectos centrais da intervenção de Ricardo Araújo Pereira na primeira sessão do ciclo “Deus: questão para Crentes e não-Crentes”.

 

 

       “Eu acredito que quando morrer – tenho mais ou menos a ideia que isso vai acontecer qualquer dia – vou exactamente para o mesmo sítio onde estava antes de ter nascido, ou seja, lugar nenhum. E isso é uma coisa que me transtorna”, referiu o escritor, que pediu desculpa por ser “titubeante” ao falar da “não experiência de Deus”, que classificou de “bastante caótica”.

       "Para nós, ateus, a morte é um sono sem sonhos e nós continuamos com um mau perder em relação a isso. Não é fácil. E por isso, onde é que eu vou buscar conforto? À Bíblia (não sei se já ouviram falar)”, disse o humorista.

       Ao interpretar o livro do Eclesiastes, Ricardo Araújo Pereira concluiu que “o tempo e o acaso acontecem a todos por igual” (“Era uma óptima pessoa – morreu. Era uma péssima pessoa – morreu também)”, ressalvando que “se Deus existir, há uma justificação para a nossa existência”.

       Depois de citar excertos do Antigo e do Novo Testamento para defender a tese de que “Deus não ri”, o humorista mostrou-se convicto de que o riso está relacionado com a percepção da morte.

       Referindo-se à cena de “Hamlet” (Shakespeare) em que o protagonista dialoga com uma caveira, Ricardo Araújo Pereira sublinhou que “o trabalho de humorista é fazer as pessoas rirem-se do facto de, por mais maquilhagem que ponham na cara, é àquele estado que vão chegar”.

       Os vídeos com a intervenção de Ricardo Araújo Pereira na Capela do Rato, a 11 de Março, continuarão a ser publicados durante esta semana no site do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura.

Notícia: Agência Ecclesia.


mais sobre mim
Relógio
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Visitantes
comentários recentes
O mundo atual precisa do testemunho cristão. Livro...
Saudações fraternas. Claro que sim. Ao longo da Su...
Caríssimo, no texto que comento, anuncia a experiê...
Sofres do síndrome de última bolacha do pacote
Quero agradecer por essa linda história e texto po...
Gostei da trilogia.http://numadeletra.com/1q84-liv...
Olá!Caí neste comentário acerca deste último livro...
http://numadeletra.com/41791.html
também gostaria de o conhecer pessoalmente acho in...
Bom dia. Alguns elementos para o ofertório estão v...
Bom dia. Sou catequista na minha paróquia e estamo...
Mais uma vez, muitos parabéns por nos dar este bel...
Eu já sabia que não devemos menosprezar nunca o po...
Bom dia. Eu é que agradeço, pela presença, pelo in...
Bom dia Padre Manuel! É sempre com muito agrado qu...
arquivos
Pinheiros - Semana Santa
- 29 março / 1 de abril de 2013 -
Tabuaço - Semana Santa
- 24 a 31 de abril de 2013 -
Estrada de Jericó
pesquisar neste blog
 
Velho - Mafalda Veiga
Festa de Santa Eufémia
Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012
Primeira Comunhão 2013
Tabuaço, 2 de junho
Papa Bento XVI
Profissão de Fé 2013
Tabuaço, 19 de maio
subscrever feeds
blogs SAPO