...espaço de discussão, de formação, de cultura, de curiosidades, de interacção. Poderemos estar mais próximos. Deus seja a nossa Esperança e a nossa Alegria...
11
Jun 16
publicado por mpgpadre, às 15:00link do post | comentar |  O que é?

1 – Misericordiosos como o Pai. O lema escolhido pelo Santo Padre para o Jubileu da Misericórdia aponta para o proceder de Deus Pai, cujo ROSTO Jesus Cristo, que visualiza, nas palavras, nos gestos e na postura, o dizer e o agir do Pai.

Fixando o nosso olhar e o nosso coração em Jesus aprendemos a caminhar, a amar, a viver na mesma lógica da compaixão e da ternura que O conduzem para o meio de nós e O fazem avançar entre nós.

Jesus é convidado para uma refeição. O anfitrião é um fariseu chamado Simão. Atente-se ao contexto. Jesus e fariseus surgem em algumas discussões acaloradas. Por aqui se vê que, por princípio, nada move Jesus contra ninguém. Se é Ele que vai... vai ao encontro dos mais frágeis... se O convidam, Ele não Se recusa nem Se sente contaminado por circular em diferentes ambientes sociais e humanos.

Seguidamente vemos a longanimidade de Jesus e a estreiteza de vistas deste fariseu.

escanear0047.jpg

2 – "Uma mulher – uma pecadora que vivia na cidade – ao saber que Ele estava à mesa em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro com perfume; pôs-se atrás de Jesus e, chorando muito, banhava-Lhe os pés com as lágrimas e enxugava-Lhos com os cabelos, beijava-os e ungia-os com o perfume".

Esta mulher expõe-se. Vai até Jesus. Não tem muito a perder. Sente-se uma coisa, comprada às escondidas mas rejeitada às claras. Alimenta-se de trevas, vive na escuridão. Não tem vida pessoal. Os afetos comprados não são afetos, são comércio que não tocam a alma, a não ser para a destruir. Quem a vê (de dia) desvia-se, com medo de ser contaminado e/ou que os outros levantem alguma suspeição. Se é pecadora pública, reconhecida como tal, outros contribuem para o seu pecado, comprando-a, expondo-a, promovendo a maledicência.

Jesus deixa-Se tocar por esta mulher. Não Se desvia, não desvia o olhar nem o coração. Jesus atrai-nos para a Luz que irradia da Sua presença. Esta mulher ouviu falar de Jesus e de como Ele a todos acolhia. Talvez O tenha observado a certa distância, num misto de medo, vergonha e esperança. Até pode ter-se cruzado com o olhar de Jesus e percebido o desafio a aproximar-se. Viu ali uma oportunidade e chegou-se à frente, sujeitando-se a ser ridicularizada e expulsa daquela casa. Prevalece a confiança em Jesus.

15.jpg

3 – Logo começa o murmúrio dos presentes pela atitude "permissiva" de Jesus, que toma a palavra e inicia um diálogo: «Simão, tenho uma coisa a dizer-te… Certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos denários e o outro cinquenta. Como não tinham com que pagar, perdoou a ambos. Qual deles ficará mais seu amigo?». Respondeu Simão: «Aquele – suponho eu – a quem mais perdoou». Disse-lhe Jesus: «Julgaste bem». E voltando-Se para a mulher, disse a Simão: «Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não Me deste água para os pés; mas ela banhou-Me os pés com as lágrimas e enxugou-os com os cabelos… não cessou de beijar-Me os pés… ungiu-Me os pés com perfume. Por isso te digo: São-lhe perdoados os seus muitos pecados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama». Depois disse à mulher: «Os teus pecados estão perdoados». Então os convivas começaram a dizer entre si: «Quem é este homem, que até perdoa os pecados?». Mas Jesus disse à mulher: «A tua fé te salvou. Vai em paz».

Jesus põe em evidência um conjunto de gestos que demonstram a afeição desta mulher, a sua humildade, a disponibilidade para mudar de vida. Foi atraída pela compaixão de Jesus e Jesus não a defrauda. O amor tudo alcança. Os seus muitos pecados são-lhe perdoados porque muito amou. A fé abriu-lhe o coração, a alma, para se deixar iluminar por Jesus e pela Sua misericórdia infinita.

______________________

Textos para a Eucaristia (C): 2 Sam 12, 7-10. 13; Sl 31 (32); Gal 2, 16. 19-21; Lc 7, 36 – 8, 3.

 

REFLEXÃO DOMINICAL COMPLETA na página da Paróquia de Tabuaço

e no nosso outro blogue CARITAS IN VERITATE


mais sobre mim
Relógio
Junho 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
14
16
17

19
20
21
22
23

26
27
28
29
30


Visitantes
comentários recentes
O mundo atual precisa do testemunho cristão. Livro...
Saudações fraternas. Claro que sim. Ao longo da Su...
Caríssimo, no texto que comento, anuncia a experiê...
Sofres do síndrome de última bolacha do pacote
Quero agradecer por essa linda história e texto po...
Gostei da trilogia.http://numadeletra.com/1q84-liv...
Olá!Caí neste comentário acerca deste último livro...
http://numadeletra.com/41791.html
também gostaria de o conhecer pessoalmente acho in...
Bom dia. Alguns elementos para o ofertório estão v...
Bom dia. Sou catequista na minha paróquia e estamo...
Mais uma vez, muitos parabéns por nos dar este bel...
Eu já sabia que não devemos menosprezar nunca o po...
Bom dia. Eu é que agradeço, pela presença, pelo in...
Bom dia Padre Manuel! É sempre com muito agrado qu...
arquivos
Pinheiros - Semana Santa
- 29 março / 1 de abril de 2013 -
Tabuaço - Semana Santa
- 24 a 31 de abril de 2013 -
Estrada de Jericó
pesquisar neste blog
 
Velho - Mafalda Veiga
Festa de Santa Eufémia
Pinheiros, 16/17 de setembro de 2012
Primeira Comunhão 2013
Tabuaço, 2 de junho
Papa Bento XVI
Profissão de Fé 2013
Tabuaço, 19 de maio
blogs SAPO